terça-feira, 21 de setembro de 2010

Figueira da Foz

I.P. 1923

Embora a Figueira da Foz não pertença ao distrito de Leiria, mas sim ao de Coimbra, por muitas e variadas razões, que todos tão bem conhecemos que seria despiciendo agora invocá-las, tem aqui todo o cabimento lembrar a Praia, o Casino e a saudosa Mª Clara, intérprete maior dessa inesquecível "Figueira da Foz"

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O LIS


Fermoso rio Liz, que entre arvoredos
Ides detendo as águas vagarosas,
Até que umas sobre outras, de invejosas,
Ficam cobrindo o vão destes penedos;

Verdes lapas, que ao pé de altos rochedos
Sois moradas das Ninfas mais fermosas,
Fontes, árvores, ervas, lírios, rosas,
Em quem esconde Amor tantos segredos:

Se vós, livres de humano sentimento,
Em quem não cabe escolha nem vontade,
Também às leis de Amor guardais respeito,

Como se há-de livrar meu pensamento
De render alma, vida e liberdade
Se conhece a razão de estar sujeito?

(Francisco Rodrigues Lobo)

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Praia de PAREDES DA VITÓRIA





Uma escola à beira-mar... uma ribeira cristalina... um extenso areal... um leão de olhar perdido no horizonte...
Uma praia que vale a pena conhecer melhor e onde apetece veranear.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

OS DOIS FIGOS

I.P.

Eu, hoje, vou aos figos; por isso, lembrei-me deste apólogo de Acácio de Paiva, cuja sabedoria é sempre bom ter presente... Claro que os "grandalhões" vão cair todos na cesta e depois... ser papados!

:-)

terça-feira, 7 de setembro de 2010

PASMAGÓRICO...






... é o mínimo que me ocorre dizer perante o resultado desta rara paixão por estatuária!
Quem circula por Pataias, em direcção às praias, não consegue evitar a visão desta invulgar mansão que, à noite, inquietará ainda mais o espírito do mais destemido...
Há quem lhe chame até o "Mausoléu de Pataias", mas, afinal, diz a vizinhança e a presença de um cão de guarda, não são mortos nem fantasmas os seus habitantes... e nem é casa comercial do ramo, como poderá até julgar-se à partida... é mesmo residência particular de gente comum que apenas apresenta um gosto um pouco diferente do vulgar...
De facto, que "há gostos para tudo" e que "gostos não se discutem", é certo, mas...